25 de março de 2016

De nós... Marília Felix

No meio de todas as inconstâncias, algo se fazia constante. Nada que pudesse explicar, mesmo que tentasse. Nada que fizesse parar de bater. Insaciável. Imprescindível. A parte mais bonita do que eu sou. Um coração que vibra nos extremos de dois nós. De nós! Tem cheiro. Tem sabor. Liberdade de sentir e estar. Necessidade de cada instante. Alegria de qualquer lugar. De tão tudo chega a ser próximo, mesmo na distância que é.