24 de maio de 2016

VOU TENTAR - Fabrício Carpinejar, (Publicado no jornal Zero Hora - Coluna semanal, 22/05/2016


"Vou tentar ser fiel.
Vou tentar não mentir.
Vou tentar melhorar.
Vou tentar mudar.
Vou tentar me entregar para a relação.
Vou tentar não me omitir.
Vou tentar cumprir os prazos.
Vou tentar não ser ansioso.
Vou tentar não ficar pressionando os filhos.
Vou tentar obedecer às leis.
Vou tentar não me indispor no trabalho.
Vou tentar vencer.
Vou tentar perdoar.
Vou tentar não reeditar os erros do passado.
Vou tentar atingir as metas.
Vou tentar assumir os meus compromissos.
Vou tentar parar de fumar.
Vou tentar parar de beber.
Vou tentar parar de incomodar.
Vou tentar parar de gritar.
Vou tentar parar de correr.
Vou tentar não discutir.
Vou tentar não brigar.
Vou tentar não ofender.
Vou tentar não magoar.
Vou tentar reclamar menos.
Vou tentar respeitar os meus limites.
Vou tentar não decepcionar.
Vou tentar dar um maior tempo para a família.
Vou tentar me organizar.
Vou tentar arrumar o armário.
Vou tentar ser feliz.
Vou tentar cuidar dos meus pais.
Vou tentar ser mais amoroso.
Vou tentar não cancelar encontros.
Vou tentar não me atrasar.
Vou tentar juntar dinheiro.
Vou tentar não gastar demais no cartão.
Vou tentar não desmarcar a terapia.
Vou tentar revisar a saúde.
Vou tentar estudar para concurso.
Vou tentar me concentrar.
Vou tentar voltar para academia.
Vou tentar telefonar para os amigos.
Vou tentar não me estender de noite.
Vou tentar acordar cedo.
Vou tentar emagrecer.
Vou tentar retornar com as caminhadas.
Vou tentar. Juro que vou tentar."

Mas tentar são as aspas da preguiça. 
Tentar é faltar com a verdade.
Tentar é um falso começo.
Tentar é justificar o fim com o esforço.
Tentar é falar pelas expectativas do outro.
Tentar é fingir que é uma promessa quando é apenas uma confissão de culpa.
Tentar é deixar a vida passar.
Tentar é repetir os medos.
Tentar não é esperança, e sim uma ilusão para ganhar tempo para continuar do mesmo jeito.
Tentar é se desculpar por antecedência.
Tentar é um permanente adiamento.
Tentar é uma fantasia onipotente de criança, de quem não aceita o não.
Tentar é se ocupar com o que nunca será feito.
Tentar é não ajudar a si mesmo.
Tentar é evitar provisoriamente as cobranças.
Tentar é trocar as atitudes por lamentos.
Tentar é não dar o exemplo.
Tenta é não estar certo disso.
Tentar é não fazer.
Tentar é sempre fracassar.

Nenhum comentário: