31 de julho de 2015

Harper Lee, in “Go set a Watchman”



Thock. She flattened the paper cup into the table, shattering their images. The sun stood at two o’clock, as it had stood yesterday and would stand tomorrow. Hell is eternal apartness. What had she done that she must spend the rest of her years reaching out with yearning for them, making secret trips to long ago, marking no journey to the present? I am their blood and bones, i have dug in this ground, this is my home. But i am not their blood, the ground doesn’t care who digs it, i am a stranger at a cocktail party.”

********

“Ela achatou o copo de papel na mesa, despedaçando as imagens deles. O inferno é isolamento eterno. O que tinha feito para ter que passar o resto de seus anos tentando alcança-los ansiosamente, fazendo viagens secretas ao passado e nenhuma no presente? Eu sou sangue e ossos deles, eu cavei este solo, esta é a minha casa. Mas eu não sou o sangue deles, o solo não se importa com quem o cava, eu sou uma estranha em um coquetel. ”
Texto extraído do livro: “Vá e arrume um Vigia”, de Harper Lee
(Tradução livre - ACB)

22 de julho de 2015

Meu Mundo... Martha Medeiros


"Meu mundo se resume a palavras que me perfuram, a canções que me comovem, a paixões que já nem lembro, a perguntas sem respostas, a respostas que não me servem, à constante perseguição do que ainda não sei. Meu mundo se resume ao encontro do que é terra e fogo dentro de mim, onde não me enxergo, mas me sinto."

4 de julho de 2015

Coqueiral por Matilde Campilho, [in Jóquei, Tinta da China, 2014]


A saudade é um batimento que rebenta assim
vinte e oito vezes desde meu ombro tatuado
de desastre até à rosa pendurada em sua boca

E o amor, neste caso específico, é um mergulho
destemido que deriva quase sempre de uma nota
climática apenas para convergir no osso frontal
do crânio do rei da ilusão – terno é o seu rosto

Senhor, os ossinhos do mundo são de mel e ouro

2 de julho de 2015

José Saramago - Pensamento


“O que dá o verdadeiro sentido ao encontro é a busca, e é preciso andar muito para se alcançar o que está perto.”