14 de maio de 2014

Querer exagerado por Caio Fernando Abreu

Hoje pensei sério: se me perguntassem o que mais desejo na vida, não saberia responder.
Quero tudo.
Mas esse "tudo" é tão grande, tão vago, que me sinto estonteado.
É preciso ir limitando meu sonho, apagando as linhas supérfluas, 
corrigindo as arestas, até restar somente o centro, o âmago, a essência.
Mas qual será esse centro, meu Deus, que não encontro?

Nenhum comentário: