28 de novembro de 2012

À pincel... por Wania

Photographer Howard David Johnson
As fadas voavam
De um lado para outro
Em cochichos risonhos
Balançando suas asas purpurinadas
As ninfas emergiam das águas
Vestidas de algas e galas
E os gnomos espiavam das frestas

[meu babel]

Todos trabalhavam sem cessar para
Enfeitar aquele imenso salão azul

[meu céu]

Recortavam luas e sóis das nuvens
E teciam guirlandas de estrelas
Em caudas de cometas

[meu cordel]

Acarpetavam de pétalas o chão
E enchiam os lampiões de vaga-lumes
Que iluminariam a trilha dos sonhos
Por onde Ele a conduziria naquela noite

[meu Menestrel]

Adornavam os cabelos dela
Com os cristais da chuva
E das ondas do mar,
Faziam-lhe rodadas saias
Adoçavam o sal das águas
E lhe molhavam os lábios
Que mais tarde seria
Sorvido pelo desejo dele

[meu mel]

Se ele viria ou não
Nem as Fadas
Nem as Ninfas
Nem os Gnomos
Nem Ela sabia
Só o Tempo
Só Tempo sabia a resposta
Só Tempo decidiria
Só o Tempo
Ele é o guardião de todas as portas
Só o Tempo

[meu fel]

Fonte: Encantaventos -  http://encantaventos.blogspot.com.br/

Nenhum comentário: