13 de março de 2012

Querendo luas...por A J Lobone




Estranha essa manhã.
Para ser sincero eu nem vi a noite passar.
Por um instante, no fim da última tarde, eu te vi aqui ao lado e decidi que aquela
era a imagem ideal para me salvar de outra madrugada, digamos… insípida.
Fixei meus olhos na tua miragem e te disse algum adjetivo carinhoso.
Você como sempre… riu, debochou e em seguida me abraçou.
Me contou que a lua lá fora mudava de posição, como certa vez,
numa terra onde os sonhos existem.
Eu disse que duvidava, mesmo sabendo que a nossa lua,
faria qualquer peripécia, por nós dois.
E em meio ao meu devaneio noturno, saudamos o nosso céu.
Brindamos com whisky, calamos com beijos e voamos alto,
com alegria, suor, gozo e esse amor, tão nosso, tão puro.
Mais perfeito que tua pele morena junto da minha,
somente se fosse no nosso paraíso… aquele, secreto.
Adormecemos enlaçados, como em passado recente e perfeito.
Mas agora pela manhã, acordei como sempre.
Compondo frases.
Querendo luas.
Buscando vida.
Te amando, enfim…



Nenhum comentário: