22 de novembro de 2011

Gaivota por Angela Bretas


Cortando as nuvens
Plainando ao vento
Asas abertas
Em voos rasantes
Mergulhas no mar
Tua visão é pura magia

Quisera poder
Em tuas asas voar
Descobrir mundos
Dormir ao relento
Beijar o sol
Abraçar a lua

Ter o topo das árvores como abrigo
E o mar como refúgio
Ir sem ter volta
Ser dona de mim
Livre, leve e solta
Como a ti Gaivota


Fonte: Angela Bretas  http://braziliangela.blogspot.com/

Um comentário:

Mulher Abstrata disse...

Grata ELAINE por divulgar minha poesia Gaivota e com a mencao da autoria... :)Bom saber que minha inspircao serviu de inspiracao pra voce!
Abracos,

Angela Bretas

acompanhe minhas poesias no Facebook:
http://www.facebook.com/pages/Poesias-Prosas-Poetry-Prose-by-Angela-Bretas/328209563887769